Psicólogo Pode ser MEI?

Compartilhe via:

Psicólogo pode ser MEI? Começar um negócio no Brasil não é uma tarefa fácil. Além muita burocracia, o empreendedor se deparar com altas taxas de impostos para abrir e manter uma empresa em funcionamento. Por este motivo, grande parte da população acabam desenvolvendo suas atividades na informalidade.

O MEI foi criado justamente para que essas pessoas estejam regulamentadas em suas profissões e não soneguem impostos. Esse método de regularização permite recolher impostos simplificadamente, pagando uma taxa mensal única. Entretanto, existem algumas limitações para usufruir de tais benefícios, isto é, nem todo cidadão pode ser MEI.

Leia também: Psicólogo Pessoa Física ou Jurídica?

Sobre o MEI

A sigla “MEI” refere se ao microempreendedor individual. Para se tornar MEI é necessário faturar até R$ 81.000,00 por ano, não ter participação em outra empresa como sócio ou titular e ter no máximo um empregado contratado que receba o salário-mínimo ou o piso da categoria.

Ao se declarar como micro empreendedor individual, a pessoa pode contratar poderá contratar no máximo um funcionário para ajudar na execução das atividades, devendo arcar com o piso da categoria ou o salário mínimo vigente no país. Por outro lado, o dono do negócio tem como vantagem de poder se cadastrar no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), que oferece algumas praticidades como, por exemplo, pedir empréstimos, abrir uma conta bancária empresarial e emitir notas fiscais.

Outra benefício do MEI para o empreendedor está na isenção no pagamento de tributos federais, tais como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL. O empresário pagara uma taxa única mensalmente que pode variar com o tipo de atividade praticada. Veja a seguir os valores para cada modalidade:

Impostos do MEI

Atividade Impostos e Contribuições Mensais
Comércio e Serviços R$52,85
Prestação de Serviços R$51,85
Comércio ou Indústria R$47,85

 

Quem pode ser MEI?

Para se cadastrar no MEI será necessário estar dentro de dois quesitos importantes: O faturamento máximo da empresa durante os últimos 12 meses não pode ultrapassar R$ 81 mil reais (R$ 6.750,00 mil reais por mês) e fazer parte da lista de atividades permitidas no MEI.

Quem não pode ser MEI

Não podem se cadastrar no MEI todas aquelas profissões regulamentadas, onde o profissional poderá exercê-las, como formação técnica, cursos superiores, diplomas específicos, entre outras exigências acadêmicas. Isso acontece porque o programa foi criado para ser uma modalidade inclusiva de profissionais que não tinham um sindicato ou uma classe que os representasse. Mesmo com um faturamento anual dentro do limite do MEI, se sua atividade não estiver na lista, não será possível fazer o cadastro. Por lei, a alternativa mais adequada para os empreendedores que não fazem parte dessa lista é abrir uma empresa.

Psicólogo Pode ser MEI?

Por se tratar de uma atividade regulamentada, psicólogos não podem ser MEI. Porém este não é o fim da linha, pois existem outros métodos de formalizar o seu negócio e pagar menos impostos dentro da lei. Converse com um de nossos consultores e conheça a contabilidade especializada para psicólogos, lá você vai conversar com quem mais entende do assunto e encontrar soluções especificas para o seu perfil.

Conclusão

Embora o MEI seja de grande importância para regulamentar profissões informais e estimular o empreendedorismo no Brasil, ainda são muitas as limitações, como é o caso da impossibilidade de se cadastrar exercendo uma atividade regulamentada. Se você é psicologo(a) e deseja montar um consultório, não se sinta desamparado(a) , pois existem alternativas de regularizar e exercer sua profissão como manda a lei. Fale com a Rodrigues Contabilidade, estamos prontos contribuir com o seu sucesso.

 

Comente via Facebook
Compartilhe via:


Deixe uma resposta